Seja Bem Vindo(a)!!!!

Oi !

É bom sabermos que somos lembrados.
Portanto, quando aqui estiver expresse-se com o coração! Ele não falha!
Beijos de chocolate

UM LUGAR AMIGO... PODE CHEGAR!!!!

UM LUGAR AMIGO... PODE CHEGAR!!!!

Algumas coisas precisamos lembrar sempre... Como o abraço um abraço muito gostoso!!

domingo, 19 de agosto de 2007

O quanto você "quer"? De verdade?


Verbo "Querer"... Segundo o Aurélio.. " Ter intenção ou a vontade de: tencionar; projetar; procurar adquirir, procurar adquirir, ordenar, exigir, desejar..."
Pois então, será que você já se percebeu, já analisou os teus atos de "querer"?
Se você quer algo, seja lá o quer for... o mais absurdo que possa parecer aos olhos alheios... e que lhe é acessível financeiramente,ou simplesmente não tem nada a ver com questões financeiras, você sem dúvida, encontrará maneiras e maneiras de comprar, de fazer.
Daí eu pergunto ... Existiu uma motivação?
Sem dúvida, todos encontraremos um número infinito de motivos para justificar. Num piscar de olhos.
Eu mesma já me peguei fazendo isso!
E as vezes os motivos eram tão fúteis, tão banais... mas para mim naquele momento era "algo" que eu precisava.
Era como que para suprir a falta de algo inacessíve, ou simplesmente algo pelo qual eo meu desejo de lutar por ele não era tão grande... por ser difícil.
Então, daí os kiliquinhos a mais, os problemas financeiros, as possíveis dores de cabeça... um número incrível de problemas decorrentes.
Que eu deduzi?
Deduzi que essa tal palavrinha de tão poucas letrinhas tinha um poder incalculável, desmedido, incomensurável!
QUERER! Sao só seis letrinhas que tem o força de nos levar onde quer que QUEIRAMOS ir, chegar, sair, ... e todos os verbos que se possa conhecer que indiquem ação!
Diz o velho ditado que "Querer é poder!"
Eu, particularmente, não concordo com essa afirmativa.
Mesmo porque poder indica "a possibilidade de..., ter a possibilidade ter fora, robustez, aguentar..."
Percebo que o Querer é muito mais que poder!
Passei a me perguntar o quanto eu queria ou quero algumas coisas.
O que estaria disposta a fazer, realmente, para conquistar o que eu quero!
Portanto, só pude concluir que... para querer algo, com muita força, tínhamos antes que saber qual é o tamanho dessa força, que proporções ela tem!
O quanto estamos dispostos a investir nessa força.
Para então saber o quanto meu querer é de fato "querer".
Concluindo, não basta só querer!
Temos é que estar dispostos a sair da inércia que nos afunda, nos sufoca, nos cega e nos anula muitas vezes. Principalmente quando estamos olhando para o próprio umbigo.
Assim, se quero algo tenho que antes estar disposta a fazer uma "mesa redonda comigo mesma", e descobrir o tamanho da minha vontade de alcançar, de conquistar o pretendido.
Chorar, lamentar, sofrer, aquietar-se, por vezes nos leva a um desgaste desnecessário; porque utilizamos nossas energias em sentimentos errados, tortos.
Guardamos sentimentos tão pesados que se retirados emagrecemos uns 10 quilinhos. Imagine a força que estavamos dispensando ao carregar tudo isso?
Melhor seria empregarmos tanta energia e força naquilo que realmente queremos porque nos é necessário. Quaisquer que sejam os motivos.
Sejamos sinceros... quantas vezes dizemos... "Eu quero..., mas eu não consigo porque...
Ao mesmo tempo que nos dispomos a empregar forças para a conquista, já nos justificamos pelo possível fracasso.
Então... a pergunta certa poderia ser... "O quanto queremos ...???
Porque é dessa resposta que se tem a verdadeira proporção do nosso querer.
Acho que o mais correto seria dizer...
"Querer é Se Empenhar!

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget